Konradstrasse 1  Winterthur 8400 - Suíça

Blog da ABEC

Encontro Anual de Professores da ABEC

27.9.2017

Reunião pedagógica possibilita troca de experiências e atualização de estratégias de ensino

 

No dia 2 de setembro de 2017 foi realizado o 15° Encontro Anual de Professores da ABEC em Winterthur. Foi uma ocasião muito especial, pois reuniu as professoras responsáveis pelo ensino de língua e cultura do Brasil para crianças e jovens em diversas cidades na Suíça.

 

Segundo Arlete Baumann, presidente da ABEC, o primeiro Encontro Anual da ABEC foi realizado em 2002 e já virou uma tradição. O objetivo do evento é reunir a equipe pedagógica no começo do ano letivo e possibilitar a atualização constante do grupo de professoras da ABEC por meio de várias oficinas.

 

 

O tema do encontro foram as estratégias para trabalhar as quatro habilidades no ensino da língua: a oralidade, a escrita, a compreensão auditiva e a leitura de maneira balanceada durante as aulas da ABEC. As professoras puderam participar de palestras e dinâmicas de grupo.

 

Depois apresentaram os trabalhos discutidos e assim, compartilharam o seu saber com todas as colegas e usando muita criatividade. Além disso, foi possível colocar-se no lugar do aluno e experimentar muitas atividades pedagógicas propostas pela equipe organizadora (professoras Danielle Stäheli, Josiane Hasler e Andréa Paulino).

 

A professora Andréa Paulino contou como foi ser participante e integrante da equipe organizadora do encontro. “Organizar o encontro anual foi muito prazeroso, uma oportunidade de aprendizado e muita motivação! A professora Danielle Stäheli tinha o propósito de fazer a troca de experiências, e acredito que conseguimos alcançar o objetivo principal. Saiu exatamente como planejamos! Foi muito interessante poder compartilhar as nossas práticas. A cada trabalho apresentado, uma chuva de ótimas ideias. Eu acredito na força e no poder do nosso trabalho. E que juntas sempre seremos mais fortes!”

 

As sete horas de duração do encontro passaram rapidamente, pois de maneira inspiradora o evento contribuiu para que as professoras continuem motivadas e lecionem de maneira prática, eficaz, organizada e inovadora.

 

A ABEC trabalha sempre para valorizar a identidade cultural e a autoestima da comunidade brasileira na Suíça. Para ilustrar um exemplo de como a ABEC faz a diferença e contribui para a integração dos seus alunos e de suas famílias, conversamos durante o encontro com a professora Sidnéia Neiverth, que trabalha na ABEC em Zurique. Ela compartilhou conosco a sua experiência como mãe de três alunas da ABEC e, ao mesmo tempo, professora da associação.

“Minha filha tinha oito anos quando recebeu na escola suíça o formulário sobre as aulas da ABEC e decidiu estudar português. Eu rapidamente fiz a matrícula dela. No começo ela era muito tímida, mas a professora percebeu que ela conseguia entender tudo, rir das piadas e escrever muito bem. Foi uma coisa muito boa de ouvir, sinal de que estou ajudando a aprender o português em casa. Há oito anos comecei a trabalhar na ABEC como professora e minhas outras duas filhas também estudam na ABEC. É uma experiência muito gratificante para mim como mãe porque eu ouço as minhas filhas se comunicarem com outras crianças brasileiras, com primos e tios no Brasil. As minhas pequenas escrevem até cartinhas em português para a família e adoram o curso da ABEC.”